Detalhe Notícias

7 Jun 2021

Saiba identificar o crime de perseguição virtual

Na última quinta-feira (3), foi ao ar a entrevista com o tabelião substituto do 2º Cartório de Notas de São Paulo, Douglas Gavazzi, e o repórter Herbert Moraes, sobre o uso de atas notariais contra Stalking, no Jornal da Record.
A lei que tipifica o crime de perseguição (Lei 14.132, de 2021) foi sancionada em abril pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pode levar a três anos de prisão. Gavazzi afirma que a norma tem o objetivo de constatar, por meio de ata notarial, tudo o que a vítima enfrentou a respeito da perseguição.
Confira a entrevista na íntegra, através do link.